Top Hoje Quotes

Browse top 54 famous quotes and sayings about Hoje by most favorite authors.

Favorite Hoje Quotes

1. "O álcool e as mulheres me proporcionaram, devo confessar, o único consolo de que era digno. Confio-lhe este segredo, caro amigo, e não tenha receio de valer-se dele. Compreenderá, então, que a verdadeira libertinagem é libertadora, porque não impõe qualquer obrigação. Na libertinagem, só se possui a si próprio; ela permaneceu, pois, a ocupação preferida dos grandes apaixonados por sua própria pessoa. É uma selva, sem futuro nem passado, e, sobretudo, sem promessas nem sanção imediata. Os lugares nos quais ela se exercita são separados do mundo. Deixam-se, ao entrar, tanto o medo quanto a esperança. A conversa não é obrigatória; o que se vem procurar pode ser obtido sem palavras e, muitas vezes, até sem dinheiro. Ah! Eu lhe peço, deixe-me prestar uma especial homenagem às mulheres desconhecidas e esquecidas que então me ajudaram. Ainda hoje, mistura-se à lembrança que guardei delas algo semelhante a respeito."
Author: Albert Camus
2. "Mas, no que se refere a este tribunal, a virtude negativa da tolerância deve transformar-se na virtude menos fácil, mas mais elevada, da justiça. Sobretudo, quando o vazio de um coração, assim como o que descobrimos neste homem, se torna um abismo onde a sociedade pode sucumbir. [...] Ainda na opinião dele, um homem que matava moralmente a mãe devia ser afastado da sociedade dos homens,exatamente como o que levantava a mão criminosa contra o autor de seus dias. Em todos os casos, o primeiro preparava os atos do segundo, anunciava-os, de certa forma, e legitimava-os. [...] - Peço-vos a cabeça deste homem - disse. E é sem escrúpulos que vos dirijo este pedido. Pois no decorrer da minha longa carreira tem-me acontecido pedir a pena capital, mas nunca como hoje eu senti este penoso dever tão compensado, equilibrado, iluminado pela consciência de um mandamento sagrado e imperativo e pelo horror que sinto diante de um rosto humano onde nada leio que não seja monstruoso."
Author: Albert Camus
3. "Nada mais natural, hoje em dia, do que ver as pessoas trabalharem da manhã à noite e optarem, em seguida, por desperdiçar no jogo, nos cafés e em tagarelices o tempo que lhes resta para viver. Mas há cidades e países em que as pessoas, de vez em quando, suspeitam que exista algo mais. Isso, em geral, não muda a vida delas. Simplesmente houve a suspeita, o que é alguma coisa."
Author: Albert Camus
4. "Ontem é história, amanhã é um mistério, hoje é um dom de Deus, que é por isso que chamamos o presente."
Author: Bil Keane
5. "?- Tô me sentindo estranho hoje...- Por que?- Sei lá, hoje acordei com vontade de tudo que, com muito esforço, eu deixei de gostar...- Cigarros?- Também!- Do que mais?- Você."
Author: Caio Fernando Abreu
6. "Hoje me dei conta de que aspessoas vivem a esperar por algoE quando surge uma oportunidadeSe dizem confusas e despreparadasSentem que não merecemQue o tempo certo ainda não chegouE a vida passaE os momentos se acumulamcomo papéis sobre uma mesaEstamos nos preparando para qualquer coisaMas ainda não aprendemos a viverA arriscar por aquilo que queremosA sentir aquilo que sonhamosE assim adiamos nossasvidas por tempo indeterminadoAté que a vida se encarreguede decidir por nós mesmosE percebemos o quanto perdemosE o tanto que poderíamos ter evitadoComo somos tolos em nossospensamentos limitadosEm nossas emoções contidasEm nossas ações determinadasO ser humano se prende em si mesmoPor medo e desconfiançaVive como coisaNum mundo de coisasO tempo esperado é o agoraSua consciência lhe direcionaSeus sentidos lhe alertamE suas emoções nãomais são desprezadasAntes que tudo acabeÉ preciso fazer iniciarMesmo com dor e sofrimentoAntes arriscar do que apenas sonhar."
Author: Cecília Meireles
7. "Cântico IINão sejas o de hoje.Não suspires por ontens...não queiras ser o de amanhã.Faze-te sem limites no tempo.Vê a tua vida em todas as origens.Em todas as existências.Em todas as mortes.E sabes que serás assim para sempre.Não queiras marcar a tua passagem.Ela prossegue:É a passagem que se continua.É a tua eternidade.És tu"
Author: Cecília Meireles
8. "RetratoEu não tinha este rosto de hoje,assim calmo, assim triste, assim magro,nem estes olhos tão vazios, nem o lábio amargo.Eu não tinha estas mãos sem força,tão paradas e frias e mortas;eu não tinha este coração que nem se mostra.Eu não dei por esta mudança,tão simples, tão certa, tão fácil:Em que espelho ficou perdida a minha face?"
Author: Cecília Meireles
9. "Hoje roubei todas as rosas dos jardinse cheguei ao pé de ti de mãos vazias."
Author: Eugénio De Andrade
10. "O Gatsby acreditava na luz verde, no orgíaco futuro que, ano após ano, foge e recua diante de nós. Se hoje nos iludiu, pouco importa: amanhã correremos mais depressa, alongaremos mais os braços...Até que uma bela manhã...Assim vamos teimando, proas contra a corrente, incessantemente cortando as águas, a caminho do passado."
Author: F. Scott Fitzgerald
11. "Tenho por irmãos os criadores da consciência do mundo - o dramaturgo atabalhoado W. Shakespeare, o mestre-escola J. Milton, o vadio Dante Alighieri, e, até, se a citação se permite, aquele Jesus Cristo que não foi nada no mundo... O que escrevo hoje é muito melhor do que o poderiam escrever os melhores."
Author: Fernando Pessoa
12. "A criança que fui chora na estrada. Deixei-a ali quando vim ser quem sou. Mas hoje, vendo que o que sou é nada, Quero ir buscar quem fui onde ficou."
Author: Fernando Pessoa
13. "Na vida de hoje, o mundo só pertence aos estúpidos, aos insensíveis e aos agitados. O direito a viver e a triunfar conquista-se hoje quase pelos mesmos processos por que se conquista o internamento num manicómio: a incapacidade de pensar, a amoralidade e a hiperexcitação."
Author: Fernando Pessoa
14. "Pára, meu coração!Não penses! Deixa o pensar na cabeça!Ó meu Deus, meu Deus, meu Deus!Hoje já não faço anos.Duro.Somam-se-me dias.Serei velho quando o for.Mais nada.Raiva de não ter trazido o passado roubado na algibeira!...O tempo em que festejavam o dia dos meus anos!..."
Author: Fernando Pessoa
15. "O tédio é, sim, o aborrecimento do mundo, o mal-estar de estar vivendo, o cansaço de se ter vivido; o tédio é, deveras, a sensação carnal da vacuidade prolixa das coisas. Mas o tédio é, mais do que isto, o aborrecimento de outros mundos, quer existam quer não; o mal-estar de ter que viver, ainda que outro, ainda que de outro modo, ainda que noutro mundo; o cansaço, não só de ontem e de hoje, mas de amanhã também, da eternidade, se a houver, e do nada, se é ele que é a eternidade. Nem é só a vacuidade das coisas e dos seres que dói na alma quando ela está em tédio: é também a vacuidade de outra coisa qualquer, que não as coisas e os seres, a vacuidade da própria alma que sente o vácuo, que se sente vácuo, e que nele de si se enoja e se repudia."
Author: Fernando Pessoa
16. "NEVOEIRONem rei nem lei, nem paz nem guerra,define com perfil e sereste fulgor baço da terraque é Portugal a entristecer –brilho sem luz e sem arder,como o que o fogo-fátuo encerra.Ninguém sabe que coisa quer.Ninguém conhece que alma tem,nem o que é mal nem o que é bem.(Que ância distante perto chora?)Tudo é incerto e derradeiro.Tudo é disperso, nada é inteiro.Ó Portugal, hoje és nevoeiro...É a Hora!"
Author: Fernando Pessoa
17. "Todas as cartas de amor sãoRidículas.Não seriam cartas de amor se não fossemRidículas.Também escrevi em meu tempo cartas de amor,Como as outras,Ridículas.As cartas de amor, se há amor,Têm de serRidículas.Mas, afinal,Só as criaturas que nunca escreveramCartas de amorÉ que sãoRidículas.Quem me dera no tempo em que escreviaSem dar por issoCartas de amorRidículas.A verdade é que hojeAs minhas memóriasDessas cartas de amorÉ que sãoRidículas.(Todas as palavras esdrúxulas,Como os sentimentos esdrúxulos,São naturalmenteRidículas.)"
Author: Fernando Pessoa
18. "Ontem eu não existia, nem amanhã existirei; eu sou um eterno hoje à noite."
Author: Filipe Russo
19. "Eu não dormi de ontem pra hoje, vivo vidrado e à espera."
Author: Filipe Russo
20. "Devido a minha memória excepcional eu convivo com meu passado inteiro, vivo logo após o que aconteceu num lapso espacial e temporal, eu vi tudo o que ocorreu a tanto tempo hoje de manhã sem esforço nem intenção entre um pão na chapa e suco de laranja."
Author: Filipe Russo
21. "Os amanhãs eu vivo hoje, agora, já. Quanto ao passado? Implora para que eu o imortalize."
Author: Filipe Russo
22. "Hoje bem cedo pus-me a pensar, abandonei o corpo em local confortável, seguro, seco e arejado e retirei-me para abstratificações as mais líricas."
Author: Filipe Russo
23. "Até mesmo hoje, vários anos depois, partes de mim ainda se desmancham sobre o reverberar daquela dor."
Author: Filipe Russo
24. "Sinto hoje, agora, já; o amor de uma paixão que eu nem sei se virá."
Author: Filipe Russo
25. "Hoje eu acordei cheio de vozes nos ouvidos."
Author: Filipe Russo
26. "Todo un libro tras otro, los abro: la mayoría conserva entre sus páginas el olor de épocas pretéritas. Un aroma muy especial a conocimientos profundos y a emociones desatadas que, entre cubierta y cubierta, llevan mucho tiempo sumidos en un apacible sueño. Aspiro el aroma, hojeo algunas páginas y devuelvo los libros a la estantería."
Author: Haruki Murakami
27. "No dia de sua morte, minha avó entregou ao meu pai o relógio de bolso do senhor arcebispo, de ouro maciço, marca Ferrocarril de Antioquia, mas fabricado na Suíça, que conservo até hoje e que passará ao meu filho, como um testemunho e um estandarte (embora eu não saiba do quê), no dia em que eu morrer [60]."
Author: Héctor Abad Faciolince
28. "Meus estranhos sentimentos da outra semana me parecem hoje bastante ridículos; já não me identifico com eles."
Author: Jean Paul Sartre
29. "Onde terá ficado aquela criança que apenas conhece da fotografia e cuja memória há muito se perdeu na sedimentação dos dias? Não se recorda quando se separaram. Quando um deixou de ser o outro. Onde está nele aquela criança? O homem que é hoje é o resultado de todos os dias daquela criança? E se os dias tivessem sido outros, seria outro homem? Se ele pudesse apagar alguns dias, seriam todos os outros suficientes para para ele ser quem hoje é? Apagar alguns dias. Apagar um dia, que fosse aquele dia. Será o homem apenas o conjunto das suas memórias ou será antes a soma de todos os seus esquecimentos?"
Author: Joaquim Mestre
30. "Na hora de pôr a mesa, éramos cinco:o meu pai, a minha mãe, as minhas irmãse eu. depois, a minha irmã mais velhacasou-se. depois, a minha irmã mais novacasou-se. depois, o meu pai morreu. hoje,na hora de pôr a mesa, somos cinco,menos a minha irmã mais velha que estána casa dela, menos a minha irmã maisnova que está na casa dela, menos o meupai, menos a minha mãe viúva. cada umdeles é um lugar vazio nesta mesa ondecomo sozinho. mas irão estar sempre aqui.na hora de pôr a mesa, seremos sempre cinco.enquanto um de nós estiver vivo, seremossempre cinco"
Author: José Luís Peixoto
31. "Olha para as tuas mãos, imagina tudo aquilo que elas serão capazes de construir. O mundo espera pelo invisível que, hoje, só tu és capaz de ver. Existe música por nascer no interior do silêncio. O possível é o futuro do impossível."
Author: José Luís Peixoto
32. "Hoje, preciso de ti. Depois de nós, nesse tempo, houve uma verdade que ficou parada nos meus olhos: alguém de quem gostamos muito, o amor, ficará nas árvores, continuará a crescer, como uma criança, dentro dos troncos e dos ramos mais finos das árvores."
Author: José Luís Peixoto
33. "Quando montava o Salomão, a subhro sempre lhe havia parecido que o mundo era pequeno, mas hoje, no cais do porto de génova, alvo dos olhares de centenas de pessoas literalmente embevecidas pelo espectáculo que lhes estava sendo oferecido, quer com a sua própria pessoa quer com um animal em todos os aspectos tão desmedido que obedecia ás suas ordens, fritz contemplava com uma espécie de desdém a multidão, e, num insólito instante de lucidez e relativização, pensou que, bem vistas as coisas, um arquiduque, um rei, um imperador não são mais do que cornacas montados num elefante."
Author: José Saramago
34. "O que vem amanhá é que conta, hoje é sempre nada"
Author: José Saramago
35. "Hoje sabemos que dia é o nosso, amanhã quem o dirá, Emprestam-te uma espingarda, mas nunca te disseram que a apontasses ao latifúndio, Toda a tua instrução de mira e fogo está virada contra o teu lado, é para o teu próprio e enganado coração que olha o buraco do cano da tua arma, não percebes nada do que fazes e um dia dão-te voz de atirar, e matas-te"
Author: José Saramago
36. "Sabemos tantas cosas, que la aritmética es falsa, que uno más uno no siempre son uno sino dos o ninguno, nos sobra tiempo para hojear el álbum de agujeros, de ventanas cerradas, de cartas sin voz y sin perfume."
Author: Julio Cortázar
37. "Não há múmias, pedaços de tecido colados ao osso, medas de sal ou cadáveres que jamais estivessem nem metade dos mortos que estamos hoje."
Author: Lawrence Durrell
38. "Nos dias de hoje, ainda me acontece encontrar Musyne, casualmente, a cada dois anos ou quase, tal como a maioria das criaturas que no passado conhecemos muito bem. É o prazo de que precisamos, dois anos, para nos darmos conta, com uma só olhada, mas essa aí inenganável, como o instinto, das feiuras que um rosto, ainda que delicioso em seu tempo, acumulou.Ficamos como que hesitantes um instante à sua frente, e depois findamos por aceitá-lo tal como ele ficou, o rosto, com essa desarmonia crescente, abjeta, de todo o conjunto. Temos de dizer sim a essa cuidadosa e lenta caricatura burilada por dois anos. Aceitar o tempo, esse quadro de nós. Podemos então dizer que nos reconhecemos inteiramente (como uma nota de dinheiro estrangeira que hesitamos em pegar à primeira vista), que não nos enganamos de caminho, que de fato seguimos a verdadeira estrada, sem nos termos consertado, a infalível estrada durante mais dois anos, a estrada da podridão. E é só isso."
Author: Louis Ferdinand Céline
39. "(...) deito-me para sofrer menos, refugiada nas lembranças para não ter de tomar decisões na vida, mergulhar no passado para não enfrentar o futuro. Ou para entender o presente? É tão vazio o meu presente. O conflito, por menor que seja, hoje em dia desgasta-me demasiado. Prefiro vegetar."
Author: Lya Luft
40. "A rua dos cataventosDa vez primeira em que me assassinaram,Perdi um jeito de sorrir que eu tinha.Depois, a cada vez que me mataram,Foram levando qualquer coisa minha.Hoje, dos meu cadáveres eu souO mais desnudo, o que não tem mais nada.Arde um toco de Vela amarelada,Como único bem que me ficou.Vinde! Corvos, chacais, ladrões de estrada!Pois dessa mão avaramente aduncaNão haverão de arracar a luz sagrada!Aves da noite! Asas do horror! Voejai!Que a luz trêmula e triste como um ai,A luz de um morto não se apaga nunca!"
Author: Mario Quintana
41. "O que você fez pela ciência hoje? Pare de fazer coisas por Deus, ele se intitula todo-poderoso, não precisa de você. Faça algo pela ciência, pelo amor de Deus!"
Author: Mehmet Murat Ildan
42. "A decadência da Europa nos oferece um espectáculo imenso cujos momentos mais fortes são omitidos ou são dispensados. O próprio da cena em que nos encontramos hoje é representar um teatro; sem monumentos que sejam nossa obra e que nos pertençam, nós vivemos cercados de cenários. Mas há mais: o europeu não sabe quem ele é; ele ignora que raças se misturam nele; ele procura que papel poderia ter; ele não tem individualidade."
Author: Michel Foucault
43. "Marat o que aconteceu com nossa RevoluçãoMarat não queremos mais esperar até amanhãMarat continuamos sempre gente pobree queremos hoje as mudanças prometidas."
Author: Peter Weiss
44. "MARATO que é uma banheira de sangueperto do sangue que ainda há de correrUm dia pensamos que algumas centenas de mortos seriam o bastatedepois vimos que mesmo milhares eram insuficientesE hoje não podem mais ser contadosali e em todo lugarem todo lugar(...)SimonneOuço o clamor dentro de mimSimonneEu sou a Revolução."
Author: Peter Weiss
45. "De que serve uma vida vivida como se não fizesse qualquer diferença para a grande vida do mundo? Não consigo imaginar coisa mais triste. Porque não haveria uma mãe de dizer de si para si, se criar bem esta criança, se a amar e proteger, ela trará alegria aos qye a rodeiam e assim terei mudado o mundo? Porque não haveria o lavrador que planta uma semente de dizer ao vizinho, esta semente que planto hoje irá alimentar alguém, e é assim que hoje mudo o mundo?"
Author: Robin Hobb
46. "Olhe, hoje é possível reviver o fascismo, quer saber. é possível na perfeição. basta ser-se trabalhador dependente. é o suficiente para perceber o que é comer e calar, e por vezes nem comer, só calar. vá espirar esses patrões por aí fora. conte pelos dedos os que têm no peito um coração a florescer de amor pelo proletariado. que porra de conversa comunista. mas não é possível deixar de ter conversas comunistas enquanto não se largar a merda das ideias do capitalismo de circo que está montado. um capitalismo de especulação no qual o trabalho não corresponde a riqueza e já nem a mérito, apenas a um fardo do qual há quem não se consiga livrar."
Author: Valter Hugo Mãe
47. "Mas, se em todas as épocas se tivesse só pensado na melhoria económica, hoje não seríamos homens: seríamos apenas máquinas."
Author: Vergílio Ferreira
48. "Sydäntä särkevää oli nähdä tämän pienen lapsiraukan, joka ei ollut vielä kuudenkaan vanha, talvipakkasessa vanhojen rikkinäisten ryysyjensä verhoamana, väristen lakaisevan katua jo ennen päivän koittoa, suunnaton luuta pienissä punaisissa kätösissään ja kyynel silmäkulmassa."
Author: Victor Hugo
49. "Esse amor sem fim, onde andará?Que eu busco tanto e nunca estáE não me sai do pensamentoSempre, sempre longeEsse amor tão lindo que se escondeNos confins do não sei ondeVive em mim além do tempoLonge, longe, onde?Por que não me surges nessa horaComo um solComo o sol no marQuando vem a auroraEsse amor que o amor me prometeuE que até hoje não me deuPor que não está ao lado meu?Esse amor sem fim, onde andará?Esse amor, meu amor,Onde andará?"
Author: Vinicius De Moraes
50. "Bom dia, tristezaQue tarde, tristezaVocê veio hoje me verJá estava ficandoAté meio tristeDe estar tanto tempoLonge de você"
Author: Vinicius De Moraes

Hoje Quotes Pictures

Quotes About Hoje
Quotes About Hoje
Quotes About Hoje

Today's Quote

One thing about women Yefrem had found out in his life: they cling."
Author: Aleksandr Solzhenitsyn

Famous Authors

Popular Topics