Top Medo Quotes

Browse top 103 famous quotes and sayings about Medo by most favorite authors.

Favorite Medo Quotes

1. "Women have married because it was necessary, in order to survive economically, in order to have children who would not suffer economic deprivation or social ostracism, in order to remain respectable, in order to do what was expected of women because coming out of "abnormal" childhoods they wanted to feel "normal," and because heterosexual romance has been represented as the great female adventure, duty, and fulfillment. We may faithfully or ambivalently have obeyed the institution, but our feelings - and our sensuality - have not been tamedor contained within it."
Author: Adrienne Rich
2. "O álcool e as mulheres me proporcionaram, devo confessar, o único consolo de que era digno. Confio-lhe este segredo, caro amigo, e não tenha receio de valer-se dele. Compreenderá, então, que a verdadeira libertinagem é libertadora, porque não impõe qualquer obrigação. Na libertinagem, só se possui a si próprio; ela permaneceu, pois, a ocupação preferida dos grandes apaixonados por sua própria pessoa. É uma selva, sem futuro nem passado, e, sobretudo, sem promessas nem sanção imediata. Os lugares nos quais ela se exercita são separados do mundo. Deixam-se, ao entrar, tanto o medo quanto a esperança. A conversa não é obrigatória; o que se vem procurar pode ser obtido sem palavras e, muitas vezes, até sem dinheiro. Ah! Eu lhe peço, deixe-me prestar uma especial homenagem às mulheres desconhecidas e esquecidas que então me ajudaram. Ainda hoje, mistura-se à lembrança que guardei delas algo semelhante a respeito."
Author: Albert Camus
3. "Adelante, adelante, al galope, por los caminos llenos de baches, por la verde hierba y los arbustos, por los charcos de plata, por la arena dorada y húmeda, por los alados helechos. El gamo asustado desaparece en el bosque, brilla al saltar la linterna blanquinegra de sus ancas. Se desprenden los pájaros de los árboles: los coloreados arrendajos y abejarucos, las chillonas y oscuras urracas de graciosas colas. El agua de los charcos y las grietas estalla en lluvia bajo los cascos del caballo.¡Adelante, aún más adelante! El caballo, que había pateado indolente demasiado tiempo detrás del carro, lleva una carrera alegre, rápida, feliz, trota ligero, los músculos se mueven en los muslos, el flequillo húmedo deja caer gotas sobre la cara. El caballo estira el cuello, Ciri le da cuerda. ¡Adelante, caballito, no sientas el bocado ni el freno, adelante, al galope, al galope, deprisa, deprisa! ¡Primavera!"
Author: Andrzej Sapkowski
4. "A única forma de vencer o medo é enfrentá-lo uma e outra vez até conseguirmos olharsem temor para o que antes nos assustava"
Author: Catherine Anderson
5. "Criança Cabecinha boa de menino triste,de menino triste que sofre sozinho,que sozinho sofre, — e resiste,Cabecinha boa de menino ausente,que de sofrer tanto se fez pensativo,e não sabe mais o que sente...Cabecinha boa de menino mudoque não teve nada, que não pediu nada,pelo medo de perder tudo.Cabecinha boa de menino santoque do alto se inclina sobre a água do mundopara mirar seu desencanto.Para ver passar numa onda lenta e friaa estrela perdida da felicidadeque soube que não possuiria."
Author: Cecília Meireles
6. "Sus ojos están húmedos y tristes, y de algún modo, con esa respuesta, el aire entre nosotros cambia instantáneamente. De una manera peligrosa. Una manera aterradora. Porque se siente como si su aire acabara de convertirse en mi aire, y de repente quiero tomar menos respiraciones con el fin de garantizar que nunca se quede sin él."
Author: Colleen Hoover
7. "I'm losing myself trying to competeWith everyone else instead of just being meDon't know where to turnI've been stuck in this routineI need to change my waysInstead of always being weakI don't wanna be afraidI wanna wake up feeling beautiful todayAnd know that I'm okay'Cause everyone's perfect in unusual waysYou see, I just wanna believe in me"
Author: Demi Lovato
8. "Up into the the silence the greensilence with a white earth in ityou will (kiss me)goout into the morning the youngmorning with a warm world in it(kiss me)you will goon into the sunlight the finesunlight with a firm day in ityou will go(kiss medown into your memory anda memory and memoryi) kiss me,(will go)"
Author: E.E. Cummings
9. "Não tenha medo de pensar diferente dos outros, tenha medo de pensar igual e descobrir que todos estão errados."
Author: Eça De Queirós
10. "But marriage is one long sacrifice....Chapter 21, Medora Manson speaking to Newland Archer"
Author: Edith Wharton
11. "Najperverznije što je ljudsko bice dosada smislilo, ali i vidjelo, medo je na biciklu."
Author: Elfriede Jelinek
12. "SeSe eu pudesseescrever sópara ti(que éum modo de dizer:como a brisa passaporque é brisacomo as aguascorrem porquesão aguacomo a planta respirae a fera mata)se eu pudesseescreversem endereçossem sobrescritossem o medode ser lidode ser escritoseria a verdadedos riosseria a praia nocturnaa sós com o marseria o hálitoda boca desnudaseria montanhaseria rioseria marseria asa.Seria eu."
Author: Fernando Namora
13. "De tudo, ficaram três coisas: a certeza de que ele estava sempre começando, a certeza de que era preciso continuar e a certeza de que seria interrompido antes de terminar. Fazer da interrupção um caminho novo. Fazer da queda um passo de dança, do medo uma escada, do sono uma ponte, da procura um encontro."
Author: Fernando Sabino
14. "Detesto seguir alguém assim como detesto conduzir.Obedecer? Não! E governar, nunca!Quem não se mete medo não consegue metê-lo a ninguém,E só aquele que o inspira pode comandar.Já detesto guiar-me a mim próprio!Gosto, como os animais das florestas e dos mares,De me perder durante um grande pedaço,Acocorar-me a sonhar num deserto encantador,E forçar-me a regressar de longe aos meus penates,Atrair-me a mim próprio... para mim."
Author: Friedrich Nietzsche
15. "A coragem residia em lutar para tentar ultrapassar esse medo, em erguer-se para fazer o que tinha de ser feito."
Author: Guy Gavriel Kay
16. "A infância é uma época desgraçada, cheia de temores infundados, como o medo de monstros imaginários e do ridículo. Do ponto de vista literário, não tem suspence, já que, salvo excepções, as crianças costumam ser um pouco desenxabidas. Além disso, não têm poder- os adultos decidem por elas e fazem-no mal, inculcam-lhes as suas próprias ideias erróneas sobre a realidade e depois os miúdos passam o resto das suas vidas a tentar livrarem-se delas."
Author: Isabel Allende
17. "En un agujero en el suelo, vivía un hobbit. No un agujero húmedo, sucio, repugnante, con restos de gusanos y olor a fango, ni tampoco un agujero seco, desnudo y arenoso, sin nada en que sentarse o que comer: era un agujero-hobbit, y eso significa comodidad."
Author: J.R.R. Tolkien
18. "Put meunderneath God's sky and know medon't just look at me with your eyesTake awaythis mask of flesh and bone andsee me for my soulalone"
Author: Jay Asher
19. "José Cortinhal foi sempre um homem muito calado, só falava quando a isso era obrigado e parecia que as palavras que conhecia eram tão poucas que estava sempre com medo que elas se acabassem. Dizia uma palavra e deixava o silêncio tomar conta dela até a asfixiar, e só depois dizia outra. O silêncio parecia também servir para falar."
Author: Joaquim Mestre
20. "El comedor y la biblioteca de mis recuerdos eran ahora, derribada la pared medianera, una sola gran pieza desmantelada, con uno que otro mueble. No trataré de describirlos, porque no estoy seguro de haberlos visto, pese a la despiadada luz blanca. Me explicaré. Para ver una cosa hay que comprenderla. El sillón presupone el cuerpo humano, sus articulaciones y partes; las tijeras, el acto de cortar. ¿Qué decir de una lámpara o de un vehículo? El salvaje no puede percibir la biblia del misionero; el pasajero no ve el mismo cordaje que los hombres de a bordo. Si viéramos realmente el universo, tal vez lo entenderíamos. "Extracto del relato THERE ARE MORE THINGS"
Author: Jorge Luis Borges
21. "O Medo degrada as pessoas, meu caro jovem. Se você mantiver a pressão, semanas, meses a fio, o Medo acaba por funcionar como uma doença. Ao princípio é apanas um incómodo persistente, como uma dor de dentes, como uma dor de cabeça, uma dor que se instala no espírito, e vai corroendo tudo. Pouco a pouco a pessoa começa a alterar o seu comportamento, começa a imaginar situações de perigo. Torna-se paranóica, perde o gosto pela vida e entra em depressão. Eventualmente mata-se."
Author: José Eduardo Agualusa
22. "Fico admirado quando alguém, por acaso e quase sempresem motivo, me diz que não sabe o que é o amor.eu sei exactamente o que é o amor. o amor é saberque existe uma parte de nós que deixou de nos pertencer.o amor é saber que vamos perdoar tudo a essa partede nós que não é nossa. o amor é sermos fracos.o amor é ter medo e querer morrer."
Author: José Luís Peixoto
23. "Como vão esses amores, perguntou Marçal, Pobre Isaura, pobre pai, Por que dizes pobre Isaura, pobre pai, Porque está claro que ela o quer, mas não consegue passar por cima da barreira que ele levantou, E ele, Ele, ele é uma vez mais a história das duas metades, há uma que provavelmente não pensa senão nisso, E a outra, A outra tem sessenta e quatro anos, a outra tem medo, Realmente, as pessoas são muito complicadas, É verdade, mas se fôssemos simples não seríamos pessoas."
Author: José Saramago
24. "Poema à boca fechada Não direi: Que o silêncio me sufoca e amordaça. Calado estou, calado ficarei, Pois que a língua que falo é de outra raça. Palavras consumidas se acumulam, Se represam, cisterna de águas mortas, Ácidas mágoas em limos transformadas, Vaza de fundo em que há raízes tortas. Não direi: Que nem sequer o esforço de as dizer merecem, Palavras que não digam quanto sei Neste retiro em que me não conhecem. Nem só lodos se arrastam, nem só lamas, Nem só animais bóiam, mortos, medos, Túrgidos frutos em cachos se entrelaçam No negro poço de onde sobem dedos. Só direi, Crispadamente recolhido e mudo, Que quem se cala quando me calei Não poderá morrer sem dizer tudo."
Author: José Saramago
25. "Pero entre los artefactos que probablemente no descubran nunca —entre los objetos que probablemente se desintegren mucho antes de que llegue nadie de ninguna parte— hay cierto fragmento de acera en una calle de California, donde una vez, en una tarde oscura de verano, casi un año después de iniciarse la ralentización, dos niños se arrodillaron sobre el suelo frío. Metimos los dedos en el cemento húmedo y escribimos la más sincera y sencilla de las verdades que conocíamos: nuestros nombres, la fecha y estas palabras: «Estuvimos aquí»."
Author: Karen Thompson Walker
26. "Talvez os selvagens nunca abandonem o poder - afirmou Philip com ar de desalento. - Talvez a cobiça nunca deixe de pesar mais nos conselhos dos poderosos que a sabedoria; talvez o medo nunca deixe de vencer a compaixão na mente dum homem com uma espada empunhada."
Author: Ken Follett
27. "—En el comedor se hizo un silencio sepulcral—susurró Xemerius desde la araña—. Todas las miradas apuntaban a la muchacha de la blusa amarillo pipí..."
Author: Kerstin Gier
28. "Estou procurando um lugar que precise de muitas reformas e consertos, mas que tenha fundações sólidas. Estou disposto a demolir paredes, construir pontes e acender fogueiras. Tenho uma grande experiência, um monte de energia, um pouco dessa coisa de ‘visão' e não tenho medo de começar do zero. - Steve Jobs"
Author: Leander Kahney
29. "O homem não tem poder sobre nada enquanto tem medo da morte. E quem não tem medo da morte possui tudo."
Author: Leo Tolstoy
30. "Se achar que não valho nada, serei nada. Deixarei que os outros falem, decidam, vivam por mim. Porém, se acreditar que apesar dos naturais limites e do medo todo eu mereço uma dose de coisas positivas, vou lutar por isso. Vou até permitir que os outros me amem."
Author: Lya Luft
31. "Quero te dizer também que nós, as criaturas humanas, vivemos muito (ou deixamos de viver) em função das imaginações geradas pelo nosso medo. Imaginamos consequências, censuras, sofrimentos que talvez não venham nunca e assim fugimos ao que é mais vital, mais profundo, mais vivo. A verdade, meu querido, é que a vida, o mundo dobra-se sempre às nossas decisões."
Author: Lygia Fagundes Telles
32. "Probably not." He looked down at his watch. "It's about time for dinner. Do you want to comedown and eat in the lodge? We deliver up to the cabins too, but we also do a family-style dinner.""Um . . ." Did she really want to spend more time with Cole today? Strangely, she found she did."That sounds great."
Author: Maisey Yates
33. "À minha frente, Marc parece muito triste; no entanto, ele é que tem sorte: Pensa em Damira, e tenho a certeza que também ela pensa nele se ainda estiver viva. Nenhum carcereiro, nenhum torcionário poderá manter prisioneiros esses pensamentos. Os sentimentos viajam através das grades mais estreitas, seguem sem medo da distância e não conhecem as fonteiras das línguas, nem das religiões, juntam-se para lá das prisões inventadas pelos homens."
Author: Marc Levy
34. "We humans who art on EarthHumanity is specialOur kingdom has comeDo what we innately know to be rightOn earth, because that's all there isShare the bread we haveTry not to screw upWhen others screw up, understandWe can't have everything that tempts usDeliver ourselves from evilBecause this is it, the Earth,The power to do right and the glory to come if we do is oursNow and forever,Hu-man."
Author: Marcus Brigstocke
35. "A tristeza também encurta a visão, fecha-nos no nosso mundo, não conseguimos viver para lá dos nossos medos."
Author: Margarida Rebelo Pinto
36. "Somos o avesso um do outro. Quando duvidas, paras, e eu sigo em frente. Quando tens medo, eu tenho vontade; quando sonhas, eu pego nos teus sonhos e torno-os realidade, quando te entristeces, fechas-te numa concha e eu choro para o mundo; quando não sabes o que queres, esperas e eu escolho; quando alguém te empurra, tu foges e eu deixo-me ir.Somos o avesso um do outro: iguais por fora, o contrário por dentro. Tu proteges-me, acalmas-me, ouves-me e ajudas-me a parar. Eu puxo por ti, sacudo-te e ajudo-te a avançar. Como duas metades teimosas, vivemos de costas voltadas um para o outro, eu sempre à espera que tu te vires e me abraces, e tu sempre à espera que a vida te traga um sinal, te aponte um caminho e escolha por ti o que não és capaz."
Author: Margarida Rebelo Pinto
37. "Tenho medo de mim.Quem sou?De onde cheguei?..."
Author: Mário De Sá Carneiro
38. "Viajar é uma maneira de nos espalharmos, de rompermos com nossas divisórias internas e aniquilarmos medos e tabus. Viajando é que descobrimos nossa coragem e atrevimento, nosso instinto de sobrevivência e nossa capacidade de respeitar novos códigos de conduta. Viajar minimiza preconceitos."
Author: Martha Medeiros
39. "Como se envelhece rápido, como a sabedoria nada tem a ver com a idade: não nos tornamos mais sábios, apenas conscientes de que os riscos são inerentes a qualquer ação. E então refreamos os desejos, pois tememos que nossos músculos enfraquecidos não mais respondam aos desejos do coração e das memórias. E então preferimos nos calar, calar os desejos, evitar que a vida bruta que nos corria nas veias, naqueles anos, continue a fluir pelos tendões enrijecidos. E então esse medo nos faz precavidos, preferimos aconselhar, nos resguardar da própria vida, como vassouras desgastadas, nos esconder em nossas roupas de lã, mesmo num verão como este. E então tudo o que nos resta é posar de sábios, como se a proximidade da morte nos fizesse melhores conhecedores da vida. Não nos tornamos sábios, apenas velhos, com nossos compromissos, nossos sonhos não cumpridos e, quase sempre, uma vida inútil atrás de nós."
Author: Murilo Carvalho
40. "Contudo, o mais corajoso dentre nós tem medo de si mesmo. A mutilação do selvagem tem a sua trágica sobrevivência na própria renúncia que corrompe as nossas vidas. Somos todos castigados por nossas renúncias. Cada impulso que tentamos aniquilar germina em nossa mente e nos envenena. Pecando, o corpo se liberta de seu pecado, porque a ação é um meio de purificação. Nada resta então a não ser a lembrança de um prazer ou a volúpia de um remorso. O único meio de livrar-se de uma tentação é ceder a ela. Se lhe resistirmos, as nossas almas ficarão doentes, desejando as coisas que se proibiram a si mesmas, e, além disso, sentirão desejo por aquilo que umas leis monstruosas fizeram monstruoso e ilegal. Já se disse que os grandes acontecimentos têm lugar no cérebro. É no cérebro e somente nele que têm tambem lugar os grandes pecados do mundo."
Author: Oscar Wilde
41. "Pela primeira vez, Mattia envergonhou-se de aos vinte e dois anos de idade ainda não ter carta de condução. Era outra das coisas que havia deixado para trás, outro passo óbvio na vida de um rapaz que ele escolhera não dar, para se manter o mais possível fora da engrenagem da vida. Como comer pipocas no cinema, como sentar-se nas costas de um banco, como não respeitar a hora de entrada em casa imposta pelos pais, como jogar futebol com uma bola de estanho enrolada ou estar de pé, nu, em frente a uma rapariga. Pensou que a partir daquele dia tudo seria diferente. Decidiu que ia tirar a carta de condução o mais depressa possível. Fá-lo-ia por ela, para a levar a passear. Porque tinha medo de o admitir, mas quando estava com ela parecia que valia a pena fazer todas as coisas normais que as pessoas normais fazem."
Author: Paolo Giordano
42. "O medo é uma coisa boa. Ensina-te a não cometeres o mesmo erro duas vezes. É combatido através do conhecimento."
Author: Patricia Briggs
43. "Es octubre, un día húmedo. Desde la ventana del hotel veo demasiadas cosas de esta ciudad del Medio Oeste. Veo cómo se encienden las luces de algunos edificios, veo cómo el humo de las altas chimeneas se alza en columnas espesas. Me gustaría no tener que mirar."
Author: Raymond Carver
44. "Amor eterno,A distância é a força vital da minha vida ela e a magia do nosso amor. Gracas a ela pode voltar a mar-te, a distancia. Por favor vai para bem longe de mim que tenho medo de perder-te. Não te aproximes por favor, não destruas o nosso amor. So a distancia logrou devolver-nos o amor que ja nao existia. Por favor não voltes nunca mais, Porque nos os dois acabamos de descobrir a essência do nosso amor. A distancia levou o nosso amor a eternidade! Amor eterno que só a distancia logrou ressuscitar. Autor: Sergio Correia.Warrington, 24.08.2012"
Author: Sergio Figueira Correia
45. "In the eighteenth century, philosophers considered the whole of human knowledge, including science, to be their field and discussed questions such as: Did the universe have a beginning? However, in the nineteenth and twentieth centuries, science became too technical and mathematical for the philosophers, or anyone else except a few specialists. Philosophers reduced the scope of their inquiries so much that Wittgenstein, the most famous philosopher of this century, said, "The sole remaining task for philosophy is the analysis of language." What a comedown from the great tradition of philosophy from Aristotle to Kant!"
Author: Stephen Hawking
46. "É preciso ter coragem. Não ter medo de desenhar as coisas secretas. [...] Porque se contares a ti a grande mentira da arte inferior, perdes definitivamente a possibilidade de aceder à verdade A verdade nem sempre é agradável. Às vezes a verdade é o Calmeirão."
Author: Stephen King
47. "Y allí estaba, sentada ene el comedor, intentando entablar conversación con siete desconocidas llenas de curiosidad, cuando los vi por primera vez."
Author: Stephenie Meyer
48. "It was raining in the small, mountainous country of Llamedos. It was always raining in Llamedos. Rain was the country's main export. It had rain mines."
Author: Terry Pratchett
49. "Havia então na Arábia um costume medonho, originário da Cítia, e que, estabelecido na Índia por influência dos brâmames, ameaçava invadir todo o Oriente. Quando morria um homem casado, e sua amada esposa desejava ser santa, ela se queimava em público sobre o corpo de seu marido. Era uma festa solene que se chamava 'A fogueira da viuvez'. A tribo em que houvesse mais mulheres queimadas vivas era a mais considerada de todas."
Author: Voltaire Zadig
50. "Lembrar-me de que irei morrer dentro de pouco tempo é a ferramenta mais importante que já encontrei para me ajudar a fazer as grandes escolhas da vida. Porque quase tudo — todas as expectativas externas, todo o orgulho, todos os medos e embaraços ou fracassos — todas essas coisas deixam de ser importantes face à morte, deixando apenas lugar para as coisas que verdadeiramente importam. Lembrar-nos de que vamos morrer é a melhor forma que conheço de evitar a armadilha de pensar que temos algo a perder. É como se estivéssemos nus. Não há qualquer razão que nos impeça de seguir o coração."
Author: Walter Isaacson

Medo Quotes Pictures

Quotes About Medo
Quotes About Medo
Quotes About Medo

Today's Quote

Successfully (whatever that may mean) or unsuccessfully, we all overact the part of our favorite character in fiction."
Author: Aldous Huxley

Famous Authors

Popular Topics